quinta-feira, 29 de abril de 2010

Sentimentalista ou Conectado?

Sentimentalismo é uma coisa. Saber ouvir o coração é outra..

Cada dia mais, quero viver em equilíbrio e dar a devida importância ao meu coração. Pois sendo “lógico” demais, acredito que perdemos o fio da meada. Cedo ou tarde, nos pegaremos completamente perdidos no meio do caminho, tentando descobrir onde foi que tomamos a direção errada. Quem somente se baseia no lógico e racional, não ouve seus instintos, sua intuição, perde a habilidade de se encantar com as coisas. Mata a melhor parte da vida, o que ela tem de mais belo.

Quem precisa encontrar uma razão, uma explicação para tudo, não percebe o quanto está amarrado na couraça mais torpe, o aprisionamento mental. Deixa passar oportunidades inimagináveis por não se permitir sair da mente. A mente que mente.

No mundo sutil, se vêem coisas impossíveis de serem vistas no mundo elementar.

A proposta aqui é, viver mais harmoniosamente de acordo com a natureza humana. Não teria sentido nascermos com tantos opcionais se não fosse para usá-los.

Afinal, o que aconteceu? Onde foi que nos desviamos da rota original e passamos a abrir um novo trajeto numa mata fechada?

Bem, não sei se ainda importa sabermos como chegamos a este ponto. O que realmente é essencial é voltarmos ao que nós somos. É olharmos para dentro e nos conectarmos ao nosso Eu interior. É lá que estão as soluções e não fora.

Tem um jargão que diz: “Quem olha para fora, sonha.. Quem olha para dentro, acorda!”

Escravizamos nosso coração, o trancafiamos numa prisão e o mantemos a pão e água. E depois não sabemos por que o mundo está desta forma. A guerra entre mente e coração, a mente que só mente está em disparada na frente. Enquanto isso, só nos resta a sensação de vazio.

É no meio que contém a sabedoria, não no topo. Fica o convite...

5 comentários:

Refugiados disse...

Olá...

Coloquei seu site em um blog q temos...

Adoro ler seus posts, acho de um equilíbrio, discernimento e maturidade q me encanta..
Me identifico demais com eles!
Tanks.
Bjs.

Lindinha

Alessandra Dietrich disse...

oii.. obrigada pelo comentário.. fico muito feliz:)

Qual blog é o seu?

Gostaria de ler também..

ate mais

Refugiados disse...

Olá Alessandra..

O blog nosso é esse:

http://refugiadosdohalos.blogspot.com/

É um blog despretensioso, não temos 'ambições' com ele.rs.. ao menos por enquanto..

Foi um modo de tentar reunir amigos virtuais, nem sempre conseguimos..rs...

Aliás.. ontem coloquei um post seu.

Se quiser nos visitar e dar uma espiadinha fique a vontade ok.

Meu nick é o mesmo lá.

Beijos..

Lindinha

jussaraludwig@terra.com.br disse...

oi Ale..tudo bem?

gosto muito de entrar no seu blog e ver as novidades que vc anda escrevendo. São boas leituras e de reflexão. Parabéns ! Torço muito por você ! Sucesso !

Forte abraço
Jussara Holtrup Ludwig

Paulino Yoshida disse...

OI, Alessandra.

Nada na vida é por acaso e tenho certeza de que pessoas tão únicas e especiais, como você, seguramente atravessam nosso caminho para influenciar nossa luta e dar mais ânimo em nossa peleja.

Para aquele que lidera seu próprio pelotão de desafios, é solitário manter-se a frente e no front do combate de idéias, persistindo nas intempéries que a vida nos oferece, insistindo mesmo quando nossos recursos são escassos e progredindo centímetro a centímetro no terreno difícil do autoconhecimento.

Continue líder na comunicação de seus valores, pois assim outros, como eu, com certeza serão agraciados com palavras cheias de significado e força, mas revestidas de leveza e perfumadas com carinho que somente alguém que vive o que diz poderia fazer.

Parabéns!

:O)

P.S. Yoshida
www.institutoagoge.com